Descansando com crianças


Sim, é possível viajar com os filhos e descansar. Eu, que já tinha perdido as esperanças de descansar em alguma viagem que a Lara fosse junto (pelo menos até os 10 anos dela) percebi que é possível. Claro, é preciso um pouco de estrutura, mas é possível.
Fizemos a experiência de ir com a Lara para um resort e escolhemos o Arraial d’Ajuda EcoResort, pelo preço e pela proximidade (o vôo não é tão longo, saindo de Porto Alegre). Foi uma semana maravilhosa. a Lara aproveitou e nós descansamos. Com certeza vamos repetir a dose nos próximos anos. Abaixo, algumas dicas e observações para quem quer viajar com crianças e descansar:


1. Se você vai viajar com um bebê, procure um destino não muito distante, para que a criança não sofra muito no vôo. Leve um travesseiro no vôo, mamadeira, frutinhas e alguns brinquedinhos… tudo para que a criança se sinta bem nessa que é a pior parte da viagem.


2. Escolha um Resort. A estrutura compensa cada centavo! Nada melhor do que não ter que se preocupar com nada. Refeições inclusas, recreação, atividades… Verifique se o Resort tem estrutura para bebês também. No Arraial Eco Resort eles tinham uma sala para bebês, com esterilizador de mamadeiras, água quente, etc. Também tinham uma sala com trocador bem próxima da piscina e um restaurante que fazia comida especialmente para as crianças (pizza, nuggets, sopinha, massas, etc). E serviço de baby sitter disponível (serviço pago à parte).


3. Clubinho para crianças: essa é a parte mais importante de um resort. É legal se tiver atividades para todas as idades e brinquedos disponíveis. A nossa filha, por ser pequeninha, não podia ficar sozinha na recreação. Então, contratávamos a baby sitter para ficar com ela em algumas atividades no clubinho. Assim, a gente podia descansar um pouco. E ela adorava. Cansava e depois dormia a noite toda!!


4. Procure um lugar com praia calma: o EcoResort tem uma praia maravilhosa, bem na frente do hotel. Na maré baixa formam-se piscinas naturais e é possível nada com tranquilidade.


5. Viaje em família: nada melhor do que ter o vô e a vó, ou a dinda e o dindo junto para ajudar com o baby.


6. Não viaje em alta temporada. A melhor época de ir para o Nordeste ou para grandes resorts é fora do período de férias escolares. O lugar estará mais calmo e todos podem aproveitar mais. Além disso, os preços são melhores também. Sugiro viajar em março ou abril.

Voltar